segunda-feira, 13 de junho de 2016

Bar da Pracinha - Alto da Boa Vista

Domingo, dia dos namorados, dia de missa, véspera de dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro, que abençoou meu segundo casamento (com o mesmo marido) e o batizado do meu primeiro filho... Definitivamente não era dia de comer em casa, mas onde ir!? Pensei em alguns lugares e alguns deles merecem uma postagem depois, mas seja por causa da violência, frio ou distância, todos foram sendo descartados.

Então, decidimos ir no Bar da Pracinha, no Alto da Boa Vista, já que era perto da missa. E foi uma ótima decisão!

O restaurante é simpático, fica no meio de uma pracinha possibilitando as crianças passar a tarde brincando a vontade no balanço, escorrega, gangorra, trepa-trepa, correndo, subindo em árvore sem fugir das vistas dos pais e, para os padrões do Rio de Janeiro, o preço é razoável.

Na porta do restaurante tem um termômetro enorme que ontem marcava 16º C (que para carioca é praticamente neve) e sendo o Alto da Boa Vista o bairro mais frio da nossa cidade, recomendo um vinho para acompanhar a refeição e aquecer o corpo e a alma.

O ambiente é capaz de agradar tanto casais, como grupos de amigos e famílias, onde é possível passar uma tarde inteira com os pequenos se divertindo livremente e os adultos apreciando um bom vinho e uma refeição para acompanhar também!


Imagem retirada de http://www.bardapracinha.com.br/

Imagem retirada de http://vejario.abril.com.br/

Para quem quiser conhecer melhor, acesse o site http://www.bardapracinha.com.br/.


O restaurante fica na Praça Afonso Viseu s/n - Alto da Boa Vista

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Bolinho de Chuva

Ano passado no colégio do meu filho foi solicitado que as avós enviassem uma receita de algo bem gostoso e uma avó seria sorteada para ir no colégio mostrar a receita e o quitute para as crianças.

Apesar do meu filho ter torcido muito para sua vovó ser a escolhida, a sorteada foi a avó de um amiguinho, ainda bem porque se não fosse ela a sorteada talvez até hoje não conhecesse bolinho de chuva. É verdade, eu nunca tinha provado bolinho de chuva, pelo menos não que eu lembre, mas eu era chaaata para comer na infância...

Assim, na data combinada, a avó do amiguinho foi ao colégio e meu filho voltou falando maravilhas da receita, das "Rosquinhas da Vovó do Amiguinho", o sucesso foi tanto que a mãe do coleguinha enviou a receita e quando fui fazer, sabe o que descobri!? Que eram maravilhosos bolinhos de chuva! Hummm, que delícia! E o mais legal é que o bolinho pode ser feito no formato que desejar, tanto os formatos "surpresas" conforme a fritura ou como aqui em casa que até em forma de cabeça do Mickey já teve!

Para quem quiser se deliciar, é uma ótima pedida para um lanchinho da tarde, um piquenique, ou qualquer ocasião...

Segue a receita das "Rosquinhas da Vó do Amiguinho", ou se preferir, dos maravilhosos bolinhos de chuva!

Ingredientes:
- 2 ovos
- 1 xícara de leite
- 1 colher de café de sal
- 1 colher de sopa de margarina
- 1 colher de sopa de fermento em pó
- 4 colheres de sopa de açúcar
- Farinha de trigo (aproximadamente 1/2 kg)
- Óleo
- Canela em pó

Modo de fazer:
Bata os ovos (primeiro as claras e depois acrescente as gemas) e coloque numa bacia: ovos batidos, leite, sal, margarina, fermento e açúcar. Enquanto vai mexendo, acrescente a farinha de trigo aos poucos até formar uma massa que não grude nas mãos. Coloque a massa em uma bancada lisa para sovar (ou se fizer a massa mais mole com menos farinha nem precisa sovar). Se desejar, corte a massa no formato que quiser (rosquinhas, coração...) ou enrole e frite com  óleo quente. Após frito, passar em mistura de açúcar e canela.

E, pronto, podem devorar e se deliciar!

Em tempos de dietas super elaboradas e proliferação de receitas lights e produtos saudáveis, nada como resgatar uma receita tradicional de vó para enfiar o pé na jaca!


P.S.: Na receita original que me foi passada, mandava fazer em forma de rosquinha, mas como disse anteriormente, pode deixar sua criatividade voar... Se quiser mais doce, é só acrescentar mais açúcar, se quiser "enrolar" tipo tripinha e fazer a rosquinha assim, é só colocar um pouco menos de farinha e deixar a massa mais mole. Para fazer mais tradicional como bolinho de chuva mesmo que "joga" um pouco de massa no óleo sem nenhum formato específico para depois ver com que parece (as crianças adoram essa brincadeira) é só deixar a massa ainda mais mole acrescentando menos farinha...

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Oficina dos Inventores - Força do Vento

No último sábado, como tinha postado aqui, teve Oficina dos Inventores na Cidade das Artes, com o tema "Bolhas de Sabão" e fomos lá conferir. O evento foi ótimo, começou com uma pequena contação de história e após, os pequenos podiam explorar quatro estações com experiências utilizando a bolha de sabão. Meus filhos se divertiram muito, sairam de lá imundos de tinta e com novas experiências para contar...

Mas até aí surpresa nenhuma, não esperava menos da Oficina dos Inventores. A minha grata surpresa foi constatar que o evento teve sua capacidade esgotada, tinha fila de espera, a Cidade das Artes estava movimentada, com vida circulando entre seus imensos blocos de concreto, as galerias tinham exposições ativas, a Sala de Leitura foi toda modificada, instalaram móveis para crianças e adultos lerem a vontade e confortavelmente, computadores com acesso à internet, mobiles, estantes com livros para todas as idades, lounge, ficou linda! Para quem conhecia antes, a Sala de Leitura era praticamente uma sala vazia onde eram realizadas algumas atividades...

Depois dessa ótima experiência, fomos "convidados" a retornar no sábado, dia 18/06, para participar da Oficina dos Inventores - Força do Vento, e claro, já estamos inscritos!

Feliz por minha região começar a ser agraciada com maior frequência por programas de qualidade, instrutivos e divertidos; alegre por constatar o aumento do público, espero que a Cidade das Artes se mantenha nesse caminho, evoluindo, se aprimorando e espalhando cultura!

A quem se interessar, é bom correr porque as vagas são limitadas e foi aberto novo grupo para 16:00 horas porque as vagas para o grupo das 15:00 horas já se esgotaram.

Seguem abaixo os detalhes, ou se preferir, acesse a programação no próprio site da Cidade das Artes.



Oficina dos Inventores - Força do Vento | Vanessa Miranda 

A oficina dos Inventores convida crianças a fabricar artefatos que se movem com o vento, ouvir histórias e interagir com as instalações, com o objetivo de incentivar a curiosidade e a vontade de investigar o mundo. O encontro é ministrado pela fundadora do grupo, a psicóloga Vanessa Miranda. 

Inscrições pelo e-mail saladeleitura@cidadedasartes.org ou pelo telefone 3325 0448 ( de terça a domingo, das 10h às 18h)
Limite de vagas: 40

terça-feira, 7 de junho de 2016

Biblioteca Parque Estadual - Programa de Fim de Semana

Vocês sabiam que dá para ficar um dia inteiro numa biblioteca sem ver a hora passar!? Pois é, sábado, dia 11/06 será uma ótima oportunidade para explorar um dos muitos redutos quase não  divulgados da nossa cidade que nem só de praia vive...

A Biblioteca Parque Estadual está com o dia repleto de atividades: tem Tapetes Contadores de Histórias (que eu amo!) com exposição e espetáculo, contações de histórias e experimentações, exposição de livros e ilustrações, até um cineminha vai rolar (tudo bem que o filme não é bem uma estréia).

Vale a pena levar os pequenos para um programa diferente do habitual e aproveitar o fim de semana (que promete chuva) de uma maneira bem divertida. A programação segue a partir de 11:30 horas até o fim do dia e tudo gratuito.

Abaixo, a programação do dia 11/06, mas quem quiser conferir a programação completa, basta acessar http://www.bibliotecasparque.rj.gov.br/  e explorar tudo que esse local esquecido pelos cariocas tem a oferecer...




Exposição  

Os Tapetes Contadores de Histórias em:
Shtim Shlim – O sonho de um aprendiz

Na exposição-espetáculo, o premiado grupo Os Tapetes Contadores de Histórias ocupa o Espaço Expositivo para apresentar ao espectador a história “Em que se fala de uma criança que tem a Lua na manga esquerda e o Sol na manga direita”. O conto é uma narrativa tradicional da cultura dos berberes, povo nômade do 
norte da África.

De 9 de junho a 9 de julho | Espaço Expositivo
Exposição das 11h às 19h e apresentações sábados às 16h
Apresentações diárias para grupos escolares sob agendamento
Classificação: de 6 a 14 anos | Gratuito
Distribuição de senhas para as apresentações às 15h30

_________________________________________________________________________


                                         

Exposição de Livros

Mon Petit Festival

A exposição de livros infantis franceses integra a programação do Mon Petit Festival | Meu Festivalzinho, da editora L'Ecole des Loisirs.

De 9 a 30 de junho | Das 11h às 19h
Biblioteca Infantil


_________________________________________________________________________




                                         

Experimentações

Rola o Clima

Depois de um curta de animação, rola um bate-papo para saber se sua vida está em um clima tranquilo e sustentável.


Dia 11 | Das 15h às 15h30
Laboratório 3 | Gratuito
Classificação: 10 a 17 anos


_________________________________________________________________________

Saraus e Leituras

Contação de Histórias

O universo de livros e contos da Biblioteca Infantil é compartilhado com as famílias, incentivando a leitura, a criação e a contação de histórias.


Dia 11 | Das 16h às 16h30
Biblioteca Infantil | Livre | Gratuito


_________________________________________________________________________


Exposição

Eu e os outros – Mon Petit Festival | Meu Festivalzinho

Exposição de ilustrações da editora francesa L’Ecole des Loisirs sobre a tolerância e a solidariedade.

 
De 9 de junho a 9 de julho | Das 11h às 19h
Café Literário
Classificação: Livre
Gratuito


_________________________________________________________________________


Exposição de Livros

Shtim Shlim – O sonho de um aprendiz

Em diálogo com a exposição-espetáculo, apresentamos títulos que tratam da questão da oralidade e obras de literatura fantástica.

De 9 a 30 de junho | Das 11h às 19h
Mesa de exposição do Térreo


_________________________________________________________________________


                                                   

Cinema

Cine Pipoca Especial Meio Ambiente: “Procurando Nemo”

Quando o peixe Nemo é pescado e vai parar em um aquário, seu pai sai em sua busca com a desmemoriada Dori. No caminho eles fazem vários amigos.

Dia 11 | Às 17h | Auditório | Livre | Gratuito


_________________________________________________________________________


Saraus e Leituras

Conto&Ação

Contos e causos que envolvem diferentes experimentações que buscam reproduzir sons da natureza e da cidade através de onomatopeias.

Dia 11 | Das 14h às 14h30
Biblioteca Infantil
De 3 a 10 anos | Gratuito


_________________________________________________________________________


                                                     

Saraus e Leituras

Nesse Livro Tem

Vamos descobrir um livro juntos? Venha investigar as surpresas mágicas que um livro pode ter.

Dia 11 | Das 11h30 às 12h
Biblioteca Infantil
Classificação: 3 a 10 anos | Gratuito


segunda-feira, 23 de maio de 2016

Oficina dos Inventores - Cidade das Artes

Apesar de pouca gente saber, a Cidade das Artes oferece vários eventos gratuitos, tanto para o público infantil como adulto. Já levei meus filhos a algumas programações por lá e todas são sempre muito organizadas, de qualidade e vazias.

Para quem quiser conhecer de perto o que estou falando com os pequenos, uma ótima oportunidade vai rolar no dia 04/06 com a Oficina dos Inventores, conforme programação retirada do site www.cidadedasartes.org

"Se bolinha de sabão é diversão garantida imagina um BOLHÃO!
A Oficina dos Inventores junta contação de história, atividades "mão na massa" e instalações interativas com o objetivo de incentivar a curiosidade e a vontade de investigar o mundo.
Entre nessa bolha também. "

Ministrado por Vanessa Miranda

Vanessa Miranda psicóloga formada na Florida Atlantic University, FL USA, primeira brasileira a concluir o curso de Aprendizado Investigativo pelo Institute of Inquiry no Exploratorium Museum San Francisco Ca, USA, fundou a Oficina dos Inventores para incentivar crianças a investigarem o mundo através das práticas científicas. O objetivo é contribuir na formação de pessoas com prática em solução de problemas, pensamento crítico e tolerância à diferentes ideias.


Vagas : 40 crianças por horário

Inscrições :  saladeleitura@cidadedasartes.org ou fone.(21) 3325.0448 (terça a domingo| 10h às 18h)"

Para mais informações sobre o projeto Oficina dos Inventores, acesse www.oficinadosinventores.org